Como desvendar o algoritmo do Facebook

Marketing Digital | 16 de outubro de 2018

Por tobe

RSS
Follow by Email
Facebook
Facebook
Google+
DISPLAY_ULTIMATE_PLUS
Twitter

Você já se perguntou como o algoritmo do Facebook realmente funciona? O que fazer para que seu conteúdo seja sempre relevante, e sua marca esteja bem posicionada?
A verdade é que entender o mecanismo dessa ferramenta é a melhor forma de sair na frente dos seus concorrentes.

Aqui no blog, já te explicamos como aumentar o tráfego e as vendas do seu site. Confira!

O que é o algoritmo do Facebook?

O algoritmo do Facebook nada mais é do que um método utilizado para rankear o que deve aparecer primeiro no seu feed. Essa ponderação leva em consideração três principais componentes: peso, afinidade e decaimento do tempo.
A ponderação feita pelo algoritmo é baseada na classificação de engajamento do seu conteúdo, que segue o mesmo padrão da taxa de cliques do índice de qualidade do Google.
Precisamos ter em mente que a mesma coisa que governa organicamente o que está aparecendo, também vai determinar se seus posts vão funcionar bem. É por isso que a maioria dos anúncios que veiculamos no Facebook são realmente postagens reforçadas.
Ou seja, o que está funcionando bem organicamente é o que você deve investir mais dinheiro.
A partir do momento que você entende como o algoritmo do Facebook funciona, você passa a usar o sistema para trabalhar para você em vez de trabalhar contra ele. Esse é o segredo.

O algoritmo do Facebook se importa com seus usuários.

O algoritmo procura dar aos usuários a melhor experiência possível. A taxa de engajamento vai ver qual peça teve melhor desempenho com os usuários e, em seguida, dar a ela mais alcance, mostrando o conteúdo que foi mais relevante.
Em termos de desempenho, existem três formas principais de medição. As pessoas podem gostar de um post, eles podem comentar, e elas podem compartilhar.
Essas interações são ponderadas de forma diferente para o algoritmo do Facebook por razões óbvias, afinal, podem haver diversas razões para alguém gostar de um post.
Quando alguém comenta uma publicação, isso mostra maior interesse, já que um comentário demora mais tempo para ser feito e a plataforma entende que esse conteúdo realmente te despertou interesse. Compartilhar é ainda mais poderoso, dando um alcance adicional e alimentando o algoritmo com um sinal super forte de que esse conteúdo é fantástico.


Você já deve ter percebido que, às vezes, quando impulsiona uma postagem com um bom envolvimento, seu pagamento pode ser mínimo, mas você verá seu crescimento orgânico ao mesmo tempo. Portanto, o alcance geral que você obtém dos seus gastos é maior do que o que o Facebook está relatando.
Em outras palavras, não olhe apenas para o que você vê no gerenciador de anúncios.

O feedback negativo é seu pior inimigo

Existem quatro formas de feedback negativo: quando as pessoas clicam em ocultar postagem, ocultam todas as postagens, denunciam como spam e deixam de curtir sua página.
Tenha em mente que a taxa de engajamento sozinha não é suficiente para o algoritmo do Facebook. É a qualidade desse engajamento que faz a diferença.
Por isso, é importante prestar atenção nas informações, vídeos e posts que outras pessoas compartilham. Se você começar a entender quais são as afinidades do seu público, o seu conteúdo pode se tornar muito mais assertivo para o algoritmo.
Pessoas diferentes agem de formas diferentes no Facebook, todo mundo tem um comportamento distinto. Algumas pessoas podem responder a anúncios em determinados momentos do dia, por isso não se preocupe quando você postar coisas, a menos que você tenha toneladas de alcance orgânico.
Preocupe-se com a longevidade de como o algoritmo está reagindo e como você está obtendo uma boa taxa de engajamento.
O grande macete é entender o seu público e o que ele procura. Só assim você será capaz de direcionar seu conteúdo e conseguir obter bons resultados nessa ferramenta.